Atendimento
(16) 3820 4466

Você sabe o que é anemia?


Você sabe o que é anemia?

A anemia acontece quando os glóbulos vermelhos (eritrócitos) não conseguem fornecer quantidade suficiente de oxigênio para tecidos e órgãos. Isso porque a hemoglobina, uma proteína com ferro presente nos eritrócitos, é a substância responsável pelo transporte de oxigênio e pelo retorno de dióxido de carbono para os pulmões.

Quando diminui a quantidade ou o tamanho dos glóbulos, a hemoglobina não consegue ser transportada normalmente e o oxigênio não chega a todos os órgãos do corpo. Daí se instala o quadro anêmico.

SINTOMAS MAIS COMUNS:

As anemias podem ser leves, moderadas ou severas. As leves geralmente não apresentam sintomas, as moderadas ou severas podem provocar:

- dores de cabeça;
- cansaço freqüente (debilidade e fraqueza);
- formigamento nas mãos e nos pés;
- falta de ar;
- náuseas;
- palidez;
- sonolência;
- palpitação;
- desmaios.

CONVIVENDO E EVITANDO:

A maioria das anemias é provocada por:

- Carências vitamínicas básicas, ou seja, a falta de algumas substâncias indispensáveis para a formação saudável dos glóbulos vermelhos como ferro, ácido fólico e vitaminas B e C;

- Perdas excessivas de sangue, como as observadas em mulheres com períodos menstruais longos e com muito sangramento, ou ainda, em pessoas com algum tipo de hemorragia.

Nestes casos, é importante seguir uma dieta com reposição vitamínica pré-estabelecida pelo médico ou nutricionista para prevenir os sintomas da anemia. Os resultados devem ser acompanhados pelo especialista que, se achar necessário, poderá prescrever uma conduta diferenciada e/ou associada à terapia medicamentosa.

A anemia também pode ter origem genética e imunológica, ou por doenças que dificultam a absorção correta de alguns nutrientes pelo intestino, como a doença celíaca, na qual a pessoa tem intolerância permanente ao glúten.

QUAIS ALIMENTOS POSSUEM ALTO TEOR DE FERRO?

Folhas verdes e frescas como espinafre, agrião, escarola, chicória; grãos como feijão, ervilha, grão-de-bico, lentilha, milho; farinhas como trigo e aveia; frutas secas como uva passa, ameixa, figo, pêssego; carne de boi e de frango e vísceras como miúdos, coração, rins e fígado.

Lembre-se: nada substitui o diagnóstico e a palavra do médico sobre o melhor tratamento para os diversos tipos de anemia.

Fonte: Portal Unimeds.

Outras notícias


3 edição do OPMED bateu recorde de inscrições.

E você, sabe o que é próstata?

Corrida Unimed Alta Mogiana 2017


Ver todas as notícias